Isso é torcer: Jovem Hugo!

27 fev

Torcer, o que isso seria? Bater no ser que pensa diferente de ti, coagir aqueles que usam camisas de cores diferentes da tua? Ou atear fogo em carros e perseguir os outros enquanto o fôlego não faltar e os aliados ao teu lado estiverem?

Acredito que não, para torcer é preciso ter sabedoria e muitas vezes ingenuidade.

Ingenuidade essa que as crianças de hoje em dia, apesar de muito evoluídas e espertas, ainda possuem.

Para torcer se faz necessário sentir, o amor é uma das maneiras de transmitir e de se representar algo que não podemos classificar com exatidão.

Hugo, torcerdor vascaino. Foto: Gustavo Rotstein.

Hugo, torcerdor vascaino. Foto: Gustavo Rotstein.

Um pequenino chamado Hugo, de apenas 7 aninhos e torcedor vascaíno, me exemplificou que para torcer é necessário fechar os olhos, e muitas vezes ao abri-los, a imagem que se formará é aquela que os demais sentidos que possuímos formarão, é mais intensa.

A dona Vânia, mãe de Hugo, é torcedora do Vasco da Gama. Diariamente, como uma supermãe faz, tenta aos poucos ensinar seu jovem filho sobre esse mundão em que vivemos.

Em forma de narrativas como nos velhos livros de historinhas que os pequeninos costumam adorar, ela conta o passo a passo de uma peça teatral, de um filme e porque não, de uma partida de futebol.

Isso sim é torcer, tenham um bom dia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: